1º Workshop do Sinapse da Inovação Paraná reúne mais de 300 expectadores

Nesta terça-feira (09/06), as 92 empresas contempladas no Sinapse da Inovação Paraná participaram do 1º workshop que marca o início da etapa de pré-incubação do programa. A partir de agora, elas desenvolverão seus produtos e modelos de negócio através de acompanhamento e capacitações voltadas às suas startups. O evento online contou com a participação de mais de 300 expectadores, onde o tema do Workshop foi “Validação do Problema”. Além dos empreeendores desta edição, participaram também representantes da Fundação Araucária, Superintendência de Inovação da Casa Civil, Superintendência Geral de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, universidades, Sebrae-PR e Fundação CERTI.

O Workshop teve como tema principal “O problema que sua empresa quer solucionar está 100% validado? Entenda o conceito de job to be done e amplie suas chances de sucesso!” com a palestra ministrada pelo Consultor de Negócios da Fundação Certi, Carlos Bizzotto.

“Um dos principais erros cometidos por empreendedores é desenvolver um produto que ninguém quer. Isso ocorre por causa do que chamamos de ‘Síndrome da Certeza’. O objetivo do evento foi apresentar as estratégias e ferramentas práticas para evitar esse tipo de erro. A partir do conceito do ‘job to be done’, os empreendedores poderão descobrir o que o seu cliente está tentando fazer e não está conseguindo, ajudando o empresário a reduzir a incerteza de seu negócio e ampliar suas chances de sucesso”.

RECORDE PARANAENSE – O Sinapse da Inovação Paraná superou todos os números em sua primeira edição: recebeu 1.851 ideias inovadoras e mais de 6 mil participantes cadastrados no portal. Idealizado em 2008 pela Fundação Certi, teve seis edições em Santa Catarina, uma no Espírito Santo e uma no Amazonas. Até então, Santa Catarina mantinha o maior número de ideias submetidas, com 1.791 propostas, seguida pelo Espírito Santo, com 1.272, e Amazonas, com 1.188 ideias.

O programa é executado pela Fundação Araucária com o objetivo de fomentar a área da inovação através do empreendedorismo e a criação de novas empresas, influenciando na economia e impactando no desenvolvimento regional. Diante deste contexto, há o estabelecimento de uma ponte entre a comunidade interessada em aplicar suas ideias inovadoras e a criação de novos negócios, propiciando um ambiente empreendedor e a cooperação entre os diferentes atores do processo de inovação.

Você pode conferir o conteúdo do evento no YouTube: https://www.youtube.com/watch?v=2VJesyRbuRA&feature=youtu.be

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *