1. Como submeto minha ideia? 

a) Acesse o Portal Sinapse da Inovação: http://sc.sinapsedainovacao.com.br/

b) Clique em “Ideias e Cadastro”, em seguida clique em “Quero me cadastrar”.

c) Após preencher seus dados, você receberá um e-mail para confirmar o cadastro. Depois de confirmado, faça seu login e clique em “propor ideia”.

Confira o passo-a-passo para cadastro e submissão de sua ideia inovadora na plataforma do Sinapse.

 

2. Quem pode submeter ideias no Programa Sinapse da Inovação?

a) Pessoas físicas residentes no estado de Santa Catarina há no mínimo 2 (dois) anos ou vinculadas a uma ICTI do estado, e que apresentem uma ou mais ideias inovadoras; ou

b) Pessoas físicas que possuam uma Microempresa, sediada no Estado de Santa Catarina, com data de registro na Junta Comercial do Estado de Santa Catarina, posterior a 08/02/2017.

 

3. Preciso ter uma empresa para participar?

Não é necessário ter uma empresa constituída para propor uma ideia. A constituição da empresa, no entanto, será necessária apenas após a terceira fase do programa (fase do projeto de fomento) caso a ideia seja aprovada. Para receber os recursos financeiros da FAPESC, não reembolsáveis, na forma de subvenção econômica, a pessoa física deverá obrigatoriamente, até a data de 30/03/2018, constituir uma empresa com sede no estado de Santa Catarina.

 

4. Já tenho uma empresa constituída, posso participar?

Podem participar Microempresas ou Empresas de Pequeno Porte (MEEPP), sediadas no estado de Santa Catarina, que atendam às seguintes condições:

a) Deve ser Microempresa, sediada no Estado de Santa Catarina, com data de registro na Junta Comercial do Estado de Santa Catarina, a partir de 08/02/2017.
b) A Microempresa deverá assegurar contrapartida econômica no valor mínimo de 5% (cinco por cento) do valor total do projeto, excluído o valor da bolsa.
c) A Microempresa deverá ter objeto social que contemple atividade operacional relacionada com a ideia inovadora contemplada no âmbito desta chamada.
d) A Microempresa não poderá ter sócios proprietários que possuam outra empresa, exceto MEI, que deverá ser transformada em Empresa Limitada, antes da assinatura do Termo de Subvenção Econômica.

 

5. O que é subvenção econômica? Preciso devolver os recursos?

Subvenção econômica é uma modalidade de apoio financeiro, instrumento de política de governo, que consiste na aplicação de recursos públicos não reembolsáveis (que não precisam ser devolvidos) diretamente em empresas, para compartilhar com elas os custos e riscos inerentes a tais atividades. O objetivo da concessão de subvenção econômica é promover um significativo aumento das atividades de inovação e o incremento da competitividade das empresas e da economia do País.

 

6. A contrapartida econômica está relacionada a equity?

Não, a contrapartida não está relacionada a equity, o Sinapse não possui participação em nenhuma das empresas geradas. Os 5% de contrapartida, querem dizer que o empreendedor deve entrar com um investimento no projeto na ordem de 5% do valor da subvenção. Ou seja, se a FAPESC repassará R$ 60 mil, o empreendedor deve investir R$ 3 mil no projeto, como contrapartida. Esse valor deve ser investido no projeto na forma de compra de bens e serviços ou dedicação de um colaborador à empresa. A contrapartida deverá ser prevista no quadro de despesas do projeto de fomento, fase III do processo de submissão das propostas.

Essa contrapartida, quando prestada por meio de bens e serviços, deverá ser indicada a forma de aferição do valor correspondente em conformidade com os valores praticados no mercado. Quando decorrente da dedicação de colaborador ao projeto, deverá ter uma declaração de recursos humanos e/ou contador, com especificação da carga horária do vínculo funcional e da dedicada ao projeto, mencionando o valor bruto da remuneração e o valor proporcional à dedicada ao projeto.

 

7. Até quando posso submeter minha ideia?

As ideias podem ser submetidas a partir do lançamento da Chamada Pública (02/10/2017) até às 23 horas e 59 minutos do dia 02/11/2017, via Portal Sinapse da Inovação: http://sc6.sinapsedainovacao.com.br/

 

8. Como participar do Sinapse da Inovação sem ter uma ideia?

Através da Bolsa de Valoração de Ideias (BVI): um mecanismo que se destina a promover a participação de toda a comunidade catarinense no programa Sinapse da Inovação. Trata-se de um mecanismo similar a uma bolsa de valores onde qualquer cidadão ao fazer sua inscrição recebe 20 créditos virtuais que poderão ser aplicados nas Ideias que lhe parecerem melhores. Estas aplicações, seguidas de comentários, são confrontadas com as notas aplicadas pelos avaliadores. A soma obtida pelo produto dos Créditos aplicados pelas respectivas notas formará uma pontuação. As 5 melhores pontuações receberão prêmios oferecidos pela Fundação CERTI no intuito de fomentar o empreendedorismo inovador no Estado de Santa Catarina.

 

9. Haverá prorrogação do prazo de submissão de ideias?

Não haverá prorrogação do prazo de submissão de ideias. Por isso, fique atento e submeta sua ideia inovadora tranquilamente com antecedência.

 

10. Posso acessar minha ideia para fazer alterações após cadastrá-la?

Sim, as ideias poderão ser modificadas até o prazo limite de encerramento das inscrições. Após este prazo, modificações não serão possíveis. Mas cuidado, não deixe para a última hora para evitar riscos.

 

11. O vídeo/pitch é obrigatório?

Não, o vídeo não é obrigatório. É apenas mais uma forma de apresentar a ideia ao público em geral.

 

12. Posso submeter mais de uma ideia?

Sim, o proponente pode submeter quantas ideias quiser. No caso de mais de uma ideia de um mesmo proponente, apenas aquela com maior pontuação passará para as próximas fases.

 

13. Posso participar de mais de uma equipe empreendedora no programa?

Não há restrições quanto à participação em mais de uma ideia no programa desde que observadas as regras previstas em edital.

 

14. Posso ter pessoas com participação em outras empresas na minha equipe empreendedora?

Sim, a equipe empreendedora pode ser composta por pessoas que sejam funcionárias, sócias ou possuam outras empresas. Lembrando que apenas o proponente da ideia, assim como o restante do quadro societário do projeto, não poderão ser sócios de outras empresas.

 

15. Possuo vínculo empregatício, preciso me desvincular para participar do programa?

Não há restrições quanto ao proponente possuir vínculo empregatício. É preciso observar as regras da instituição onde o proponente está vinculado. Por exemplo, um funcionário público, deve ser atentar às regras de contratação junto à sua instituição para entender se pode participar do programa como proponente de uma ideia.

 

16. Já participei do Sinapse em edições anteriores, posso participar dessa edição?

Sim, desde que:

a) Esteja dentro dos critérios estabelecidos pelo edital;

b) Não tenha sido coordenador de projeto contemplado em outras edições.

 

17. Quais os benefícios de submeter minha ideia com maior antecedência da data de encerramento das inscrições?

Apresentar a sua ideia com antecedência é vantajoso, pois permite que ela seja avaliada e comentada por outros participantes do programa por mais tempo. Desta forma, você ganhará maior relevância no sistema e maior número de feedbacks. Além de evitar problemas de última hora como quedas no sistema, falta de luz e internet.

 

18. Como as ideias serão avaliadas?

Cada ideia será avaliada por dois especialistas, com formação e experiência em uma ou mais áreas temáticas do programa, homologados pelo Comitê Gestor. As avaliações seguirão os critérios estabelecidos no edital e, caso haja uma discrepância entre as avaliações, um terceiro especialista irá avaliar a ideia.

 

19. Qual o conceito de Inovação adotado pelo Programa?

Para fins deste edital, é adotado o conceito de inovação da Lei Nacional de Inovação (Lei Nº 13.243/2016), que a define como a introdução de novidade ou aperfeiçoamento no ambiente produtivo e social que resulte em novos produtos, serviços ou processos ou que compreenda a agregação de novas funcionalidades ou características a produto, serviço ou processo já existente que possa resultar em melhorias e em efetivo ganho de qualidade ou desempenho.

 

19. Qual será o recurso financeiro oferecido para os selecionados para a etapa de pré-incubação?

O recurso financeiro concedido às ideias que forem aprovadas nas 3 fases de avaliação será de R$ 60.000,00 em subvenção econômica, não reembolsável, oferecidos pela FAPESC. Além disso, será oferecida 01 (uma) bolsa nível de mestre ou graduado a 01 (um) membro da equipe do projeto aprovado; observe as normas do edital sobre a condição para ser bolsista.

 

20. Como posso gastar a subvenção?

Os recursos podem ser gastos em despesas conforme o item 4.3 do edital.

 

21. É obrigatório participar das capacitações, palestras e oficinas?

Sim, ao menos um membro da equipe precisa participar das atividades de capacitação do programa.

 

22. Sou obrigado a participar da auditoria?

Sim, as empresas beneficiadas serão avaliadas levando em conta o empreendimento, produto e empreendedor. As empresas são obrigadas a realizar prestações de contas técnicas e financeiras conforme critérios para utilizações dos recursos e procedimentos dispostos na cartilha de prestação de contas da FAPESC.

 

23. Tenho outra dúvida que não foi respondida pelo site ou pelo edital, como posso entrar em contato?

Caso sua dúvida não tenha sido esclarecida aqui ou no edital do programa, entre em contato com nossa equipe pelo e-mail [email protected]