Foram abertas, no dia 05 de fevereiro, as inscrições para o ciclo 2018 do InovAtiva Brasil. O programa de aceleração de startups do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) e Sebrae vai receber, neste ano, 300 empresas que passarão por rodadas de mentoria de alto nível, capacitação, bootcamps e demoday.

Uma novidade em 2018 é que o programa terá uma única edição, com período mais longo de mentorias. Os  empreendedores devem se inscrever no site do InovAtiva até 5 de março, preenchendo o formulário na plataforma do InovAtiva com dados cadastrais e informações sobre o projeto. O resultado sairá no dia 2 de abril.

De abril a junho, até 300 empresas selecionadas vão participar de um primeiro ciclo de mentorias e cursos de capacitação. No dia 9 de junho, será realizado um bootcamp regional simultaneamente em até 10 cidades brasileiras, com mentorias individuais e oficinas temáticas.

Logo após esse evento, 100 empresas serão escolhidas para avançar rumo à etapa de conexão com o mercado e investidores. Após mais dois meses de mentorias, elas participarão, em São Paulo, do bootcamp final e, no dia 27 de agosto, do primeiro Demoday InovAtiva de 2018, quando poderão apresentar suas soluções para investidores, clientes e possíveis parceiros. Após o demoday, essas empresas terão acesso a nova rodada de mentorias individuais e capacitações online por mais quatro meses.

As 200 empresas não selecionadas para a primeira edição do demoday vão permanecer no InovAtiva e continuarão tendo acesso aos mentores e cursos online. Em julho, outras 100 startups indicadas pelo Sebrae e instituições parceiras do InovAtiva entrarão diretamente no Ciclo de aceleração, juntando-se a esse grupo.

No dia 29 de setembro será realizada uma segunda edição do bootcamp regional e, logo na sequência, uma nova seleção de cem finalistas vai avançar para a etapa de conexão com o mercado. Na primeira semana de dezembro, será realizado o bootcamp final e o segundo demoday de 2018. Até março de 2019, essas empresas terão mentorias, capacitações e conexões pós-demoday.

Como explicou o secretário de Inovação e Novos Negócios do MDIC, Marcos Vinícius de Souza, a reestruturação do Inovativa permitirá que as empresas tenham mais contato com mentores e, dessa forma, mais tempo para amadurecer seus negócios.  “O InovAtiva 2018 terá um período mais longo de capacitação e mentoria, um demoday mais qualificado e maior foco na conexão com o mercado, após a primeira banca de apresentação. Com isso, os empreendedores terão mais segurança nas escolhas que fazem para escalar seus negócios no mercado”, disse.

“O novo processo do InovAtiva vai possibilitar o desenvolvimento mais estruturado e estratégico das startups selecionadas, que poderão aprimorar seu modelo de negócio com foco em gestão e mercado, fortalecendo sua presença no mundo digital e junto a seus clientes”, destaca a diretora técnica do Sebrae, Heloisa Menezes. Segundo ela, o Sebrae tem esse papel de aproximar as startups dos mentores, investidores, facilitando sua conexão com o ecossistema brasileiro de negócios inovadores.

 

 

InovAtiva Brasil

Lançado em 2013, o InovAtiva Brasil é um programa gratuito de aceleração de startups. Podem participar empresas em estágio de validação, operação e tração. O programa conta com mais de 700 mentores voluntários, com representantes de grandes empresas como Google, Microsoft, Samsung, Siemens e Embraer. Mais de 640 startups já foram aceleradas pelo InovAtiva.

No ano passado, o programa foi escolhido pela OCDE como um benchmark internacional de inovação no setor público. Em 2016, o InovAtiva foi eleita a Melhor Aceleradora do país em premiação da ABStartup. O programa é realizado pelo MDIC e Sebrae, com execução da Fundação CERTI. São parceiros do InovAtiva: Senai, ABDI, Abes Software, ABVCap, Anjos do Brasil, Anpei, Anprotec, Apex-Brasil, BNDES, Brasscom, CNI, Endeavor Brasil, Facebook, HBS Angel e McKinsey & Company.

FONTE: InovAtiva Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *