Jaraguá do Sul se estrutura como polo de inovação em Santa Catarina

Mais uma novidade para aquecer o ecossistema de inovação catarinense!

A cidade de Jaraguá do Sul deu mais um importante passo para se estruturar como um dos principais polos de inovação tecnológica em Santa Catarina. O município vem chamando a atenção do Estado e do país com um ecossistema atuante. Contando com a primeira aceleradora de startups do Norte Catarinense, ela também possui forte associativismo empresarial, um consolidado ecossistema universitário, coworkings, incubadora, grandes indústrias apoiadoras e, agora, um centro de inovação.

De acordo com Benyamin Fard, CEO da Spin e Head de Operações do Stanford Research Institute no Brasil, o Centro de Inovação, inaugurado no dia 15, é fruto do planejamento estratégico de Jaraguá do Sul. “Diversificar a matriz econômica sempre foi um dos pontos fortes desse planejamento. Então, o Centro de Inovação é um elemento motriz desse movimento”, destaca.

Já Marcio Manoel da Silveira, atual diretor de Tecnologia da Informação da Prefeitura, enfatiza que a cultura da inovação faz parte de toda a cidade. “Sempre digo que o Centro de Inovação é o catalizador da cultura da inovação. Ter uma aceleradora, como a Spin, é sinal de um ecossistema maduro, que deixa de ser seguidor para ser líder”, explica.

Ex-presidente da Associação Empresarial de Jaraguá do Sul, o empresário Guido Bretzke, que se dedica à indústria da tecnologia, também comenta que historicamente Jaraguá do Sul tem buscado crescer de maneira sustentável e gerar empregos e renda. Assim, o ecossistema que favorece a criação de empresas e negócios voltados ao novo mercado vem se fortalecendo.

O Centro de Inovação é um projeto do governo do Estado para fomentar o desenvolvimento de tecnologias de ponta. “Junto com os amigos Marcio Silveira e Dieter Janssen, tive a satisfação de fazer Jaraguá entrar na lista das cidades que receberiam o Centro de Inovação, sendo que fomos a última cidade a ser contemplada, mas a primeira a assinar o convênio, a construir e, agora, a inaugurá-lo”, lembra Fard.

De acordo com ele, a conquista do Centro de Inovação para Jaraguá do Sul é fruto da visão e pensamento sistêmico originado nos movimentos voluntários da cidade, incluindo o Jaraguá 2010 e o Projaragua, respectivamente capitaneados pelos empresários Gilmar Moretti e Anselmo Ramos. “Tivemos a felicidade de congregar entidades de classe, universidades e governo de forma a não ocorrer conflitos. Fizemos ele se tornar uma realidade, especialmente, pela comunhão de esforços da sociedade jaraguaense e pelo apoio incondicional do Deputado e Secretário de Estado Carlos Chiodini”, afirma.

Além de Jaraguá do Sul, fazem parte do projeto estadual cidades como Itajaí, Florianópolis e Joinville. O Centro de Inovação está instalado entre os bairros Três Rios do Sul e Rau, ocupa uma área de 2,7 mil metros quadrados e soma investimento de mais de R$ 5 milhões.

Fonte: Spin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *