Mapeamento de Startups de Cleantech

A sua startup é uma Cleantech? Participe do mapeamento de startups promovido pela FGV.

CleanTech

Ao longo dos anos, a discussão em relação ao meio ambiente e aos recursos limitados tem obtido destaque, principalmente devido ao modelo de descarte de resíduos que é utilizado pelas empresas. A busca por métodos mais eficientes e sustentáveis está cada vez mais frequente, ocasionando o surgimento de novos conceitos como as startups de cleantech.

Esse tipo de startup, com foco em tecnologias limpas, tem como objetivo inovar o mercado com novos produtos, sendo eles: energia solar; biocombustíveis; remediação de água e geração de energia renovável. A partir desta mudança de paradigmas, o Centro de Estudos em Sustentabilidade da FGV está realizando um mapeamento do ecossistema de Cleantechs nacionais.

FGVces

O Centro de Estudos em Sustentabilidade da FGV, que nasceu em 2003, é um espaço aberto de estudo, aprendizado e reflexão, inovação e de produção de conhecimento com objetivo de transformar a sociedade. O FGVces trabalha no desenvolvimento de estratégias, políticas e ferramentas de gestão pública e empresarial para a sustentabilidade, em domínio local, nacional e internacional.

Mapeamento

Com o intuito de compreender e apresentar startups com tecnologias limpas, a FGVces, está realizando um mapeamento do ecossistema de Cleantech no Brasil. A busca é por modelos de negócios que poderão contribuir e incentivar mudanças no setor elétrico brasileiro, identificando: as principais tecnologias; o perfil dos empreendedores; os modelos de financiamento; as redes de colaboração e desafios enfrentados por esta categoria de negócio.

Ao finalizar o estudo, a FGVces irá estruturar um Observatório de Tecnologias Limpas, onde as informações ficarão abertas ao público como base de dados sobre o tema. Os resultados obtidos no final da pesquisa serão utilizados como subsídios para o desenvolvimento de políticas públicas de fomento ao ecossistema de tecnologias limpas no Brasil. Ao mesmo tempo, a pesquisa irá aproximar e conectar grandes empresas e investidores a startups para dar escala às inovações.

Participação

A pesquisa busca mapear as startups em todos os níveis de maturidade, desde as que estão em estágios de concepção/ideia, como também aquelas que já estão ativas e em fase de crescimento. As startups que participarem irão contribuir para a construção de um panorama do ecossistema de startups no Brasil, o que irá favorecer o desenvolvimento de políticas públicas e instrumentos para fortalecê-la.

As startups que participarem do questionário poderão se beneficiar com: o recebimento de um relatório com resultados gerais do mapeamento e sua posição no ecossistema; visibilidade no ecossistema de startups, uma vez que fará parte da base de conteúdo que será gerida por um observatório de tecnologias limpas; e integrar a rede de relacionamento da ABStartups, da FGV, da COPPE/UFRJ e da EDP Brasil.

Para participar e saber mais, basta clicar no link http://gvces.com.br/mapeamento-de-startups-de-cleantech-no-brasil/

Fonte: http://www.gvces.com.br/?locale=pt-br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *