Eleita quatro vezes pela Anprotec como a melhor incubadora do Brasil, e em 2018 como a 5ª melhor do mundo, iniciativa da ACATE abre sete vagas para startups de todo o país

Estão abertas, até 23 de junho, as inscrições para o programa de incubação no MIDITEC, incubadora de empresas nascentes de base tecnológica gerenciada pela Associação Catarinense de Tecnologia (ACATE), em parceria com o Sebrae/SC. Startups de todo o Brasil podem se candidatar, mas o programa de incubação deverá ser realizado presencialmente na Grande Florianópolis — desde empresas que tenham sede na cidade até aquelas que vão se instalar fisicamente no MIDITEC. O processo seletivo envolve etapas eliminatórias por meio de critérios de avaliação previstos em edital, e o resultado será divulgado no site do MIDITEC no dia 20 de setembro, com ingresso das startups selecionadas na incubadora em 1º de outubro. As inscrições estão disponíveis neste link: http://bit.ly/miditec_inscrição2019

Para esta rodada de incubação, serão selecionadas sete startups de base tecnológica que estejam em fase operacional, necessitando de apoio para tracionar, se desenvolver e gerar crescimento. Dentre os benefícios do programa de incubação no MIDITEC, destacam-se: desenvolvimento e aperfeiçoamento de gestores, programas de mentoria, consultorias em 12 áreas de negócio, participação em eventos e networking, aproximação com investidores e grandes players parceiros da incubadora, além da associação automática à ACATE e participação nas Verticais de Negócios da Associação.

O programa de incubação do MIDITEC tem duração de até 24 meses e disponibiliza duas modalidades: residente e não-residente, de acordo com as necessidades de cada startup. A estratégia do programa envolve três grandes fases, que são: Start, com duração de seis meses e focada em entender a dor da startup e testar hipóteses de mercado; Growth, que dura um ano e na qual o MIDITEC busca verificar se o processo de vendas da startup é viável e se o produto é rentável; e Expansion, que corresponde aos últimos seis meses do programa e ao estágio de maturidade, em que a startup já tem sua máquina de vendas operando e está em fase de se preparar para escalar e acelerar. Em cada etapa, algumas entregas principais são exigidas das empresas incubadas, o que confere a elas o status para avançar no programa.

Sobre o MIDITEC

Com um histórico de reconhecimento de mercado — ao longo de seus mais de 20 anos de história, foi eleita pela Anprotec por quatro vezes como a melhor incubadora do Brasil e, pelo UBI como 5ª melhor incubadora do mundo, em 2018 —, a incubadora MIDITEC visa formar e transformar empreendedores, e consequentemente, desenvolver negócios conscientes e de alto impacto. Ao longo da trajetória da incubadora, mais de 100 empresas já participaram do programa, entre as quais Pixeon, Resultados Digitais, Ahgora, Arvus, JExperts, Knewin etc.

Maiores informações sobre a incubadora e sobre o edital podem ser encontradas no site do MIDITEC: http://www.miditec.com.br

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *