Se você já tem uma startup e está em busca de oportunidades internacionais, este post é para você! O Portal Sinapse da Inovação selecionou dois programas que valem a sua atenção.

StartOut Brasil – Berlim

Foi lançada a missão Berlim para empreendedores brasileiros de negócios tecnológicos, que desejam realizar uma imersão no ecossistema de empreendedorismo alemão e expandir seus negócios para a Europa.

O programa selecionará startups brasileiras já estabelecidas, que estejam faturando (preferencialmente acima dos R$ 500 mil) ou que tenham recebido algum tipo de investimento.

É importante também que as empresas tenham 100% da equipe dedicada ao negócio, fluência em inglês (a fluência em alemão é desejável, mas não essencial) e que demonstrem capacidade de se expandir internacionalmente sem comprometer suas operações no país.

As startups aprovadas e selecionadas para o Ciclo Berlim passarão por um processo de preparação para a missão que terá duração de um a dois meses e que incluirá as seguintes atividades:

  • Webinar de boas-vindas com a equipe de realizadores do programa e especialistas convidados;
  • Sessões de consultoria com especialistas em expansão internacional;
  • Interação com mentores com experiência no mercado alemão;
  • Acesso à trilha para internacionalização de startups na Plataforma Passaporte para o Mundo da Apex-Brasil;
  • Sessões de consultoria após o retorno da missão, para suporte e orientação com relação aos próximos passos.

 

Durante a missão, os empreendedores terão agenda intensa voltada à prospecção de clientes e investidores e à conexão a ambientes de inovação.

Inscrições: 22/01 a 19/02 (o formulário deverá ser preenchido em inglês)
Site: https://www.startoutbrasil.com.br/plataforma/desafio/9
Mais informaçõeshttps://www.startoutbrasil.com.br/ciclo/berlim/

FONTE: StartOut Brasil

 

2ª Edição Free Electrons Global Accelerator

O Free Electrons Global Accelerator é um programa mundial de aceleração realizado pela EDP. A iniciativa está em busca de startups com modelos de negócio voltados para as áreas relacionadas aos segmentos da cadeia elétrica trabalhados pela EDP.

As startups devem contemplar tópicos como energia limpa, eficiência energética, mobilidade elétrica, gerenciamento do consumo de energia, redes inteligentes, internet das coisas e serviços de apoio ao cliente.

Serão escolhidas 12 equipes para participar de um período de aceleração, com duração prevista de seis meses. Serão três módulos de mentorias e treinamentos em customer adoption, focado em empresas do setor de infraestrutura. São três fases, cada uma com duração de uma semana, realizadas em São Francisco, Austrália e Berlim.

Inscrições: Até 28 de fevereiro.
Sitehttp://www.freetheelectron.com/

FONTE: Anprotec

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *